Skip to main content

 

União de facto e prestações por óbito – Competência de tribunais cíveis ou administrativos


September 10, 2020 12:04 pm by Fernando Porta

O Tribunal da Relação do Porto (TRP) decidiu que compete aos tribunais administrativos e não aos tribunais cíveis a apreciação do litígio decorrente da discordância dos interessados relativamente à avaliação feita pelos serviços da Segurança Social sobre a existência da situação de união de facto e do consequente direito às prestações por morte. Saber mais aqui…

 

Comments


Write a Reply or Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Back to Top