Skip to main content

 

Serviços públicos de telecomunicações


August 8, 2017 10:14 am by Fernando Porta

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) decidiu que o prazo de prescrição de seis meses previsto na lei para o preço dos serviços públicos prestados não é aplicável à obrigação de pagamento de juros, nem à obrigação resultante de cláusula penal por violação de compromisso de permanência no contrato, nem, ainda, ao pagamento de outras quantias reclamadas. Saber mais aqui…

 

Comments


Write a Reply or Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Back to Top