Skip to main content

 

Resistência a ordem para dispersar reunião – Estado de emergência e prisão preventiva


July 13, 2020 11:33 am by Fernando Porta

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) decidiu que não se justifica a aplicação da medida de coação de prisão preventiva a quem, durante o estado de emergência, não tenha acatado uma ordem de dispersão, arremessando diversas pedras de calçada e outros objetos na direção dos agentes de autoridade, por se tratar de um ato isolado e irrepetível, ocorrido durante um momento temporal singular. Saber mais aqui…

 

Comments


Write a Reply or Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Back to Top