Skip to main content

 

Falsificação de documento, falsidade informática e peculato – Crime continuado praticado por funcionário municipal


October 12, 2020 3:54 pm by Fernando Porta

O Tribunal da Relação de Guimarães (TRG) decidiu que comete apenas um crime de falsificação de documento, de falsidade informática e de peculato, na forma continuada, o funcionário municipal que, de forma essencialmente homogénea, se tenha apropriado por diversas vezes de montantes da autarquia, sempre através do acesso e da alteração de dados do sistema informático do município. Saber mais aqui…

 

Comments


Write a Reply or Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Back to Top